Diário

Insultos, deslealdades, mentiras, lágrimas, laca: 13 excentricidades dentro do livro mais famoso do mundo

getty

É o livro mais discutido em todo o mundo: “Fire and Fury – Inside the Trump White House”, assinado pelo veterano jornalista Michael Wolff, conta os bastidores do primeiro ano de uma presidência bastante invulgar. Mas o que é que torna este livro especial? Selecionámos 13 excertos que ajudam a explicar o frenesim - e a excentricidade dos eventos retratados

Luís M. Faria

Jornalista

Melania, a quem Trump tinha dado a sua garantia solene (de que ia perder), estava em lágrimas – e não de alegria.

Alegada reação da mulher de Trump na noite eleitoral

“Ele foi à Rússia e achava que se ia encontrar com Putin. Mas Putin não lhe ligou nenhuma. Portanto, ele continuou a tentar.”
“Ele é Donald [Trump]”, disse Ailes.
“É uma coisa magnífica”, disse Bannon.

Steve Bannon, que foi um dos homens mais próximos de Trump, falando com Roger Ailes, ex-diretor da Fox News

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido