Diário

Portugal teve 4.º pior crescimento do PIB por habitante da UE desde 1997

A economia portuguesa teve um dos mais baixos crescimentos da zona euro desde o arranque a moeda única

Rui Duarte Silva

Crescimento do rendimento médio por cada elemento da população em idade de trabalhar nas últimas duas décadas só ultrapassa os de Itália, Chipre e Grécia

João Silvestre

João Silvestre

Editor de Economia

A economia portuguesa teve o quarto pior crescimento por habitante em idade de trabalhar entre 1998 e 2017. Pior só Itália, Chipre e Grécia. E este indicador até já corrige as diferenças de nível de preços entre países com base na chamada paridade dos poderes de compra.

Os números são do Banco Central Europeu (BCE) e vêm confirmar a ideia de quase estagnação da economia portuguesa desde a entrada na moeda única, em 1999. E não é de estranhar. Basta olhar para andamento do PIB nestes anos. Foram, primeiro, dez anos de crescimento lento, em que a economia portuguesa andou a um ritmo médio anual a rondar 1%. Foi a parte ‘boa’ da história.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)