Diário

Hospitais apontam perda de €55 milhões/ano em medicamentos por atrasos do Estado

Getty

Em maio, hospitais públicos deviam 891 milhões de euros às farmacêuticas, mais de dois terços dos quais eram dívida vencida. O prazo médio de pagamento aos laboratórios está nos 325 dias

Os hospitais públicos deviam 891 milhões de euros aos laboratórios de medicamentos em maio deste ano, um valor que cresceu em relação aos 838,1 milhões de euros registados em abril, o que interrompe dois meses seguidos de queda (858,3 milhões, em março, contra os 933,7 milhões de fevereiro).

De acordo com a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), o prazo médio de pagamento da dívida com medicamentos é de 325 dias. No total, a dívida vencida - que já ultrapassou o prazo limite de pagamento acordado entre os hospitais e os laboratórios - somava 633,9 milhões de euros.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido