Economia

Tesouro tem 15,4 mil milhões em depósitos

Estado retirou praticamente todo o dinheiro parado em bancos privados desde 2015 e mantém quase toda a almofada financeira no Banco de Portugal. Valores referem-se ao final de junho

O Tesouro tinha 15,4 mil milhões em depósitos no final de Junho, a maior parte junto do Banco de Portugal (14,1 mil milhões), de acordo com o relatório do Orçamento do Estado para 2018. Este valor terá já diminuído desde essa altura porque, entre outras coisas, o Estado amortizou 6,1 mil milhões de euros relativos a uma Obrigação do Tesouro a 10 anos que venceu esta segunda-feira.

No último ano e meio, o Tesouro reduziu drasticamente os depósitos em bancos comerciais. Em 2015, eram mais de 3000 milhões aplicados em bancos e ,no final do primeiro semestre, havia apenas 594 milhões de euros. Uma situação que já se verificava no final do ano passado e houve até uma ligeira subida face aos 501 milhões de euros verificados nessa altura.

Além das aplicações na banca comercial e das contas no Banco de Portugal, que praticamente triplicaram desde 2015 para 14,1 mil milhões, o Tesouro tem ainda outras aplicações de menor montante