Economia

Twitter tem lucros pela primeira vez

Melhorias no algoritmo e conteúdos em vídeo contribuiram para o crescimento do investimento publicitário nesta rede social

As receitas do Twitter cresceram 2% no 4º trimestre de 2017 para 732 milhões de dólares (€600 milhões), o que representa o primeiro crescimento em quatro trimestres. Também pela primeira vez, a rede social teve lucros (91 milhões de dólares, €74,2 milhões), face ao prejuízo de 167 milhões de dólares (€136 milhões) no mesmo período em 2016.

A melhoria nos resultados, surpreendente para alguns analistas, é atribuída às atualizações introduzidas no software do algoritmo, que permitem mostrar os conteúdos mais relevantes para os utilizadores, e à aposta nos vídeos, que levaram ao aumento das audiências e consequente procura dos anunciantes, em termos de investimento publicitário.

Outro dos aspetos que pode estar por trás desta recuperação é o recente reposicionamento do Facebook, que passou a estar mais focado em conteúdos gerados por amigos e familiares e menos em publicações relacionadas com órgãos de comunicação e negócios ou marcas, que está desviar anunciantes para o Twitter, que mesmo assim, tem apenas 0,8% do mercado mundial de publicidade digital. A Google lidera enquanto suporte publicitário, com uma quota de mercado de 31,3%, seguido pelo Facebook, com 18,4%, de acordo com as estimativas da eMarketer..