Economia

Wall Street regressa ao vermelho

As bolsas de Nova Iorque abriram esta terça-feira em terreno negativo, depois de ganhos de quase 1,4% na segunda-feira. Europa continua no vermelho

Jorge Nascimento Rodrigues

As duas bolsas de Nova Iorque regressaram esta terça-feira ao vermelho, com os principais índices a recuarem entre 0,3% e 0,5%.

Depois de ganhos de 1,38% na segunda-feira impulsionados pelas projeções otimistas da Administração Trump para o crescimento da economia dos Estados Unidos, as bolsas norte-americanas estão a negociar em terreno negativo, em linha com a trajetória registada nos futuros.

Na Europa, a maré vermelha continua na sessão da tarde, com os índices Ibex 35 de Madrid e MIB de Milão a liderarem as quedas, registando descidas acima de 1%.

Em Lisboa, o PSI 20 continua a negociar ligeiramente abaixo da linha de água.

  • Depois de uma abertura positiva esta terça-feira contrariando a tendência europeia de perdas, o índice PSI 20 passou para o vermelho. Madrid e Milão lideram quedas na Europa. Futuros em Wall Street com recuo de mais de meio ponto percentual

  • As bolsas europeias estão a negociar esta terça-feira em terreno negativo, com exceção de Budapeste, Lisboa, Londres e Varsóvia. A Ásia encerrou a sessão em terreno positivo, com exceção de Tóquio. Futuros em Wall Street estão no vermelho