Economia

EDP pagou 0,7% de IRC em 2017

A EDP teve, em 2017, um resultado líquido de €1113 milhões e distribuiu aos seus acionistas €690 milhões em dividendos

josé caria

A mais lucrativa empresa portuguesa teve em 2017 uma taxa efetiva abaixo das restantes empresas cotadas

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A EDP conseguiu em 2017 uma taxa efetiva de imposto sobre os seus lucros de 0,7%, a mais baixa entre as empresas cotadas no principal índice da bolsa portuguesa que já apresentaram as suas contas do ano passado. Sobre um resultado de 1,52 mil milhões de euros, o grupo EDP apurou um imposto líquido de 10,3 milhões de euros, gerando um nível efetivo de tributação inferior ao que a maioria das famílias portuguesas suporta habitualmente pelos rendimentos do trabalho. O resultado foi conseguido graças a um conjunto de deduções fiscais.

Saiba como foi possível e que mecanismos foram usados pela elétrica.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.