Economia

Startup de fisioterapia digital capta 4,6 milhões de dólares em investimento

Sword Health tem um fisioterapeuta digital que usa inteligência artificial e sensores de movimento de alta precisão para que os doentes possam receber tratamento em casa

A startup portuguesa que criou o primeiro terapeuta digital conseguiu captar 4,6 milhões de dólares (€3,7 milhões) numa ronda de investimento seed (semente), na qual participaram a Green Innovations, Vesalius Biocapital III e outros investidores da Europa e Estados Unidos.

O investimento tem o objetivo e acelerar o desenvolvimento de novas terapias digitais e de novos estudos clínicos, tal como impulsionar o crescimento da empresa a nível global. A tecnologia da empresa com sede no Porto já chegou aos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Noruega, África do Sul, México e Japão.

A Sword Health é uma plataforma tecnológica que utiliza sensores de movimento de alta precisão e recorre a inteligência artificial para “democratizar o acesso a fisioterapia de qualidade e alta intensidade, ao mesmo tempo que reduz os custos operacionais”, diz a startup tecnológica em comunicado.

Através do Sword Phoenix, principal produto da empresa, os doentes podem realizar sessões de fisioterapia em casa, monitorizados por uma equipa clínica que lhes dá feedback em tempo real. Segundo a empresa, as equipas clínicas conseguem assim tratar mais doentes e reduzir os custos do tratamento. A empresa acrescenta que os ensaios clínicos que realizou demonstram que 93% dos doentes que se reabilitaram através deste produto apresentam uma melhoria das suas capacidades motoras.

Guy Geldhof, da Vesalius Biocapital, recorda os desafios da fisioterapia, que está “dependente de um pequeno número de especialistas”. “Esta dependência provoca um aumento de custos para os pacientes e prestadores de cuidados de saúde, bem como dificuldades de comunicação e de organização para os fornecedores de serviços de saúde.”

Dificuldades que a Sword Health pretende minimizar. “O nosso terapeuta digital permite a democratização do acesso a uma fisioterapia de alta qualidade aos pacientes, no conforto de sua casa”, aponta Virgílio Bento, fundador e presidente da empresa, em comunicado. “Representa um novo paradigma que irá definir os próximos 50 anos da fisioterapia em todo o mundo.”