Internacional

Kremlin vai oferecer iPhones para melhores selfies durante a votação nas presidenciais

NATALIA KOLESNIKOVA/GETTY

O Presidente Putin quer ser reeleito este ano em eleições com um baixo nível de abstenção e para tal foi lançada uma campanha especialmente direcionada para os jovens eleitores

O Kremlin está a tentar convencer os jovens eleitores a participarem nas presidenciais de 18 de março com um concurso que tem como principais prémios iPhones a atribuir às melhores selfies do momento da votação.

O Presidente Vladimir Putin pretende ser reeleito numa eleição em que obtenha cerca de 70% dos votos, mas que para além disso conte com um elevado nível de ida às urnas, estabelecendo também uma meta na ordem dos 70%.

Para tal o Kremlin está a investir cerca de 11 milhões de euros em campanhas desenvolvidas através de duas agências.

O “Moscow Times” indica que a estratégia já foi experimentada, em sete cidades durante eleições locais de setembro de 2017, com a atribuição de iPhones 7, iPads e Apple Watchs.

O “The Guardian” refere que desportistas e atores vão promover o concurso “Fotografias nas Urnas”.

As campanhas vão contar também com iniciativas como concursos para os pais que compareçam nas assembleias de voto com os seus filhos.

“Os miúdos vão arrastar os seus pais para as urnas”, previu o cientistas político Alexei Makarkin, em declarações ao portal empresarial RBC.

Por seu turno, o estratega Grigory Kazankov disse ao RBC que o concurso de selfies poderá criar uma atmosfera festiva em cidade menores. “Nem sequer tem a ver com o iPhone ou o iPad. Se tornarem isso algo com estilo, muitos irão votar”, afirmou.