Internacional

Theresa May anuncia expulsão de 23 diplomatas russos

Jack Taylor / Getty Images

Medidas excecionais foram anunciadas no Parlamento britânico e incluem a “suspensão de contactos bilaterais”, tais como o boicote da família real ao Mundial de futebol, que este ano é organizado pela Rússia. Londres acusa Moscovo de não cooperar nas investigações sobre o envenenamento do ex-espião russo

A primeira-ministra do Reino Unido anunciou esta quarta-feira a "suspensão de contactos bilaterais" com Moscovo e a expulsão de diplomatas russos, após ter acusado a Rússia de ser a "culpada" pelo envenenamento do ex-espião Serguei Skripal em solo britânico.

Numa intervenção no Parlamento, Theresa May anunciou a expulsão de 23 diplomatas russos do Reino Unido, no prazo de uma semana. De acordo com a BBC, May identificou os diplomatas como "agentes da inteligência não-declarados".

Igualmente, a primeira-ministra britânica terá revogado um convite que tinha sido feito ao ministro dos Negócios Estrangeiros russo e disse que tanto a família real como ministros britânicos não vão comparecer no Mundial de futebol, que este ano é organizado pela Rússia.

Outra das medidas anunciadas por May é o aumento do controlo de voos privados que façam ligações entre os dois países.

Moscovo não cumpriu com o prazo previsto para cooperar nas investigações do envenenamento do ex-espião russo, que estava marcado para a 00h desta quarta-feira, o que levou ao anúncio de medidas excepcionais para a Rússia por parte de May.

Atualmente, a Rússia conta com 59 diplomatas acreditados no Reino Unido.

  • Reino Unido prepara medidas contra a Rússia perante tentativa de homicídio de ex-espião

    Sergei Skripal e a filha continuam em coma num hospital de Salisbury dez dias depois de terem sido expostos a uma das substâncias mais tóxicas e perigosas do mundo. Cientista russo que criou o novichok diz que “só a Rússia pode estar por trás do ataque” em Inglaterra e avisa que centenas de pessoas poderão estar em risco nos próximos anos por causa da exposição à toxina