Internacional

Tiroteio no Canadá. Autoridades confirmam pelo menos quatro mortos, dois deles polícias

O suspeito já foi detido e está aberto um inquérito para averiguar as motivações do ataque. Quatro pessoas morreram, incluindo dois polícias. Autoridades pedem aos cidadãos para evitarem o local

Pelo menos quatro pessoas morreram na manhã desta sexta-feira durante um tiroteio na cidade canadiana de Fredericton, na província de New Brunswick. Duas das vítimas são polícias.

A informação é confirmada pela polícia local na sua conta no Twitter, em que pede aos cidadãos para evitarem a zona e aos habitantes para não saírem de casa e avança que para já a identidade dos vítimas mortais não será revelada.

Entretanto, um suspeito foi detido e será aberto um inquérito sobre o caso.

Desconhecem-se ainda os motivos do incidente que ocorreu numa zona residencial, por volta das 7h20 (12h20 em Lisboa). Vários vizinhos relatam ter ouvido tiros durante cinco minutos junto de uma habitação.

No local encontram-se várias ambulâncias e viaturas da polícia. As autoridades prometem dar em breve mais informações.

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, já transmitiu as condolências às famílias das vítimas e garantiu que está a “acompanhar de perto a situação”.

Um dos residentes da área disse à imprensa canadiana que acordou por causa dos tiros que "pareciam estar mesmo ao lado" do seu apartamento. David MacCoubrey disse que, durante 90 minutos pelo menos, ouviu mais cerca de 15 tiros. Outras testemunhas confirmaram ter ouvido múltiplos disparos.

(Em atualização)