Internacional

Vacas na praia? Sim, na Suécia e por causa do calor

Getty images

Autarquia no sul do país autorizou os animais a estarem numa praia de nudistas. Banhistas queixam-se da falta de higiene. “Têm tanto direito de ali estar como os os humanos”

É pouco higiénico e pode representar um risco para a saúde.” É assim que os banhistas das praias de Smaland, no sul da Suécia, reagem à decisão da autarquia em permitir que as vacas também possam ser banhistas devido à onda de calor no país.

As altas temperaturas que se têm feito sentir na Suécia causaram problemas aos criadores de gado, que estão a passar algumas dificuldades para conseguirem alimentar os animais. Uns optaram por abater animais mais cedo apesar de ainda não ser altura de o fazer. Outros optaram por levá-los para a praia, para se refrescarem.

Segundo a publicação “The Local”, as queixas dos banhistas foram tantas que a autarquia se viu forçada a votar o caso. “Têm tanto direito de ali estar como os humanos”, ficou decidido. No entanto, se no futuro a convivência entre espécies trouxer problemas, a autarquia admite que poderá ter de chamar os criadores de gado à atenção.

“Com esta seca, não queremos que as vacas sejam levadas para o matadouro sem necessidade. Precisam de banho, comida e bebida”, defendeu o autarca Peter Bengtsson, em declarações à estação pública SVT, sublinhando que não há qualquer risco para a saúde dos banhistas.

Os criadores de gado devem evitar levar os animais para a água em zonas onde há pessoas.