Política

Sector agrícola e florestal vai receber até 35 milhões de euros

Verba vai servir para apoiar a alimentação dos animais e o depósito e comercialização da madeira ardida

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, anunciou uma verba até 35 milhões de euros para o setor agrícola e florestal. O montante visa apoiar a alimentação dos animais e o depósito e comercialização da madeira ardida.

Na área florestal, vão ser criadas duas linhas de crédito, uma de cinco milhões de euros para a instalação de parques para depósito da madeira ardida e outra de três milhões de euros para a comercialização da madeira ardida a preços considerados razoáveis.

Ainda no âmbito da reunião extraordinária deste sábado do Conselho de Ministros, para aprovar medidas de prevenção e combate aos incêndios florestais, bem como reparação dos prejuízos, o governante indicou que vão ser alocados 15 milhões de euros para "acudir aos problemas mais graves" de erosão dos solos e contaminação das águas.