Política

Descentralização. Costa confirma assinatura “em breve” de acordo com PSD

Sobre possíveis aumentos na função pública, o primeiro-ministro limitou-se a dizer que “continuará a ser valorizada”

O primeiro-ministro António Costa manifestou-se esta manhã esperançado em assinar "em breve" um acordo sobre a descentralização com o PSD , na medida em que esta representa uma "pedra angular da reforma do Estado".

Trata- se de um assunto que diz respeito à estratégia de Portugal até 2030, um período que atravessa três legislaturas, razão pela qual, disse, deve "mobilizar o país" e também o conjunto das comunidades portuguesas.

António Costa falava à margem do I Encontro de Cônsules Honorários, que se realiza hoje e amanhã em Lisboa, coma participação de pelo menos 108 cônsules num universo de 234 em 105 países.

"É extemporâneo discutir agora Orçamento para 2019"

Questionado pelos jornalistas sobre os possíveis aumentos da função pública, o primeiro-ministro afirmou que essa é "uma discussão fora de tempo", sublinhando que "a seu tempo haveremos de negociar o Orçamento para 2019". E destacou: "Agora é manifestamente extemporâneo".

Segundo António Costa, este Governo "tem tido uma atitude de permanente valorização da função pública", que todos os anos viu aumentar os seus rendimentos. Também para o ano isso acontecerá , disse, " seja pelo processo de descongelamento de carreiras ou outro, veremos na altura própria".

[Notícia atualizada às 14h36]