Política

Aumento extraordinário de pensões avança já em janeiro

Marcos Borga

O Governo vai avançar com o terceiro aumento extraordinário de pensões consecutivo. Desta vez, e ao contrário do que aconteceu nos últimos dois anos, o aumento mínimo de 10 euros chegará já em janeiro e não em agosto.

Os socialistas cederam às pretensões de PCP e Bloco de Esquerda e vão mesmo avançar com o aumento extraordinário das pensões já em janeiro de 2019, ao contrário do que aconteceu nos últimos anos.

O anúncio foi feito esta quinta-feira por João Oliveira, líder da bancada parlamentar do PCP. Desta forma, todos os pensionistas terão um aumento mínimo de 10 euros já em janeiro -- em 2017 e 2018, também houve lugar a aumento extraordinário mas aconteceu apenas em agosto.

A cedência do Governo não era expectável. Nas últimas semanas, fontes governamentais garantiram ao Expresso que um aumento extraordinário em janeiro era “tecnicamente impossível” -- até podia acontecer antes de agosto, mas em janeiro nunca seria. De alguma forma, as reservas do Executivo foram ultrapassadas e esse ‘bónus’ para os pensionistas chegará mesmo no início do ano.

O aumento extraordinário, esse, será concretizado tal como em 2017 e 2018: de acordo com as perspectivas do Governo, todas as pensões até aos 653,85 euros terão uma atualização automática de 1,65%; neste universo, quem não atingir um aumento real de pelo menos dez euros terá direito ao remanescente. Na prática, uma pensão de 500 euros, terá uma atualização automática de 8,25 euros, mais 1,75 euros de aumento extraordinário.

Em atualização