Sociedade

Militar nos cuidados intensivos após exercício em Tancos

O paraquedista participava numa prova de marcha de 30 quilómetros. Está internado no Hospital de Abrantes. Exército abre investigação

Um militar paraquedista, que participava numa marcha de 30 quilómetros em Tancos, está internado nos cuidados intensivos do Hospital de Abrantes. Segundo o “Diário de Notícias”, o militar desfaleceu nos últimos quilómetros da prova. Pouco depois, em comunicado, o Exército confirmou o incidente e anunciou a abertura de um inquérito.

Informa-se ainda que o General Chefe do Estado-Maior do Exército determinou de imediato a abertura de averiguações às circunstâncias em que ocorreu o incidente”, lê-se no comunicado enviado às redações.

O militar encontra-sena Unidade de Cuidados Continuados Intensivos Polivalente, sob monitorização contínua”. A prova de marcha do curso de Precursores Aeroterrestres começou às 8h desta quinta-feira e “o militar se sentiu indisposto ao quilómetro 28”.

O curso de Precursores Aeroterrestres serve para formar militares para o reconhecimento das zonas de aterragem de aeronaves e lançamento de paraquedistas.