Sociedade

Três jovens esfaqueados junto a escola secundária em Lisboa

A mortalidade prematura por enfarte do miocárdio está a aumentar em Portugal

Segundo o INEM, os três jovens sofreram vários “traumatismos” devido à arma branca utilizada, mas encontram-se “estáveis”

Três jovens foram esfaqueados esta terça-feira em frente à escola secundária Eça de Queirós, nos Olivais, em Lisboa. Segundo António Borges, que pertence ao Gabinete de Comunicação do INEM, os três jovens do sexo masculino têm 17, 18 e 20 anos e sofreram vários “traumatismos” devido à arma branca utilizada, mas encontram-se “estáveis”.

Dois dos jovens foram transportados para o Hospital de São José e o jovem de 17 anos para o Hospital D. Estefânia, por ser ainda menor.

O alerta foi feito ao INEM às 14h56 e foram para o local três ambulâncias do INEM, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de São José e ainda um motociclo de emergência.

O Expresso tentou contactar a Polícia de Segurança Pública mas não obteve resposta até ao momento.