Iniciativas e Produtos

Conheça os vencedores do Prémio REN 2018

Uma das distinções mais antigas do sector, o prémio a que o Expresso se associa está de volta e dá a conhecer os escolhidos já está quinta-feira, 8 de novembro

Os vencedores do "Prémio REN" serão conhecidos a 8 de novembro, numa conferência que se realiza no Hotel Ritz, em Lisboa, a partir das 15h00 e que pode acompanhar em direto no Facebook do Expresso e da SIC Notícias.

A cerimónia conta com a presença, entre outros, do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, para participar num debate moderado pelo diretor do Expresso, Pedro Santos Guerreiro e subordinado ao tema " Inovação, ligação às empresas e criação de valor para o país".

Criado em 1995, o Prémio REN tem procurado estar ao lado das transformações e desenvolvimentos que têm moldado o sector da energia nos últimos anos. Após 23 anos de existência, que fazem dele um dos mais antigos na área, o Prémio REN continua a demonstrar o sólido compromisso da REN com o desenvolvimento do sector energético português e com o reforço da cooperação entre as instituições de ensino, o desenvolvimento tecnológico e o tecido empresarial português.

  • Conheça os vencedores do Prémio REN 2016

    Da autoria de Pedro Castro, o projeto de estudo e análise da viabilidade de participação dos produtores eólicos em mercados de energia, foi considerado o melhor pela REN na 21ª edição do seu prémio, a que o Expresso se associou, e que distingue as melhores teses de mestrado no âmbito da energia

  • Prémio REN: o futuro da energia passa por aqui

    O Prémio REN, que este ano celebra a sua 22ª edição, foi entregue esta sexta-feira numa cerimónia no hotel Ritz, em Lisboa. Antes houve tempo para um debate sobre o que vai transformar o futuro da energia e quais os grandes desafios que isso vai trazer

  • Eles investigam o futuro da energia

    José, Bruna e Rui ganharam o Prémio REN 2017, que distingue há 22 anos as melhores teses de mestrado na área da energia. Mas os seus interesses e valores vão muito além da engenharia